Ao ser contratado por uma empresa para prestar serviços, o psicólogo é recebido como um consultor e o seu papel deverá ser de um facilitador de processos de mudanças e geração de resultados organizacionais.

O que ocorre é que muitas vezes o psicólogo não tem esse olhar, em outras palavras, na empresa ele é um Consultor que tem como formação a Psicologia.

Sendo assim, o Consultor (formado em Psicologia) não deve confundir seu trabalho com quaisquer terceirizações, mas sim com o objetivo educativo e de gestão estratégica que potencializa as forças que os funcionários têm e que por algum motivo não estão sabendo utilizá-las para gerar melhores resultados à empresa e a si mesmos!