O QUE UM PSICÓLOGO PRECISA SABER SOBRE UM PORTFÓLIO

//O QUE UM PSICÓLOGO PRECISA SABER SOBRE UM PORTFÓLIO

O QUE UM PSICÓLOGO PRECISA SABER SOBRE UM PORTFÓLIO

Acabou de ligar para uma organização e…

– Por favor, envie o seu portfólio por e-mail.

 

No final da sua reunião:

– Por favor, deixe-nos o seu portfólio. Vamos analisar em pormenor.

 

Na primeira abordagem a uma empresa:

– Pode, por favor, deixar-nos o seu portfólio?!

 

O portfólio é a apresentação dos seus produtos e/ou serviços, dos quais espera um retorno financeiro. Portanto, é a vitrine do que você tem para VENDER.

Hummm se não gosta, não quer, ou não tem jeito para vender… o melhor é começar a preparar-se, faça um curso. Rapidamente. Afinal você não conseguirá sobreviver de psicologia (nem de nenhuma outra profissão) se não tiver a capacidade de vender o seu conhecimento. (Teremos textos que falam sobre o assunto).

Voltando ao portfólio. Já percebeu que deve ter dois tipos sempre prontos a entregar: Digital (em PDF) e Físico (em papel).

Não simplifique ao ponto de entregar um “panfleto”, nem complique de forma a dar tanta informação que ninguém vai ler.

O objetivo do seu portfólio, para uma empresa/organização é mostrar QUAIS OS PROBLEMAS QUE VOCÊ PODE RESOLVER. É importante que evidencie que conhece as NECESSIDADES dos seus potenciais clientes e tem SOLUÇÕES: os seus produtos/serviços.

Quando pensar no seu portfólio, perceba que as empresas se estruturam por setores, áreas, mercados, nichos de mercado, clientes alvo. Ou seja, as empresas estão habituadas a olhar as especificidades dos seus clientes e compartimentar as diferentes áreas de trabalho. As empresas organizadas, de médio porte para cima (e mesmo pequenas) não têm funcionários que fazem tudo, desde a contabilidade, planejamento, produção, vendas, pós-venda, etc.

Por isso, é natural que não reconheçam como útil um portfólio que apresenta uma vasta gama de produtos e serviços, sem especialização, sem foco.

Assim, tente não apresentar demasiados produtos ou serviços. Agrupe por tipo de serviço. Transmita sempre que possível, a imagem de ESPECIALISTA ao invés de generalista.

Seja assertivo no seu portfólio e… muito importante USE A LINGUAGEM do seu mercado alvo. A terminologia dos psicólogos é para ser usada em ambiente apropriado a psicólogos. Se quer trabalhar com empresas use a terminologia do ambiente empresarial.

Explicar a um empresário que um determinado funcionário que está a faltar ao trabalho, por que provavelmente padece de síndrome de burnout e que o motivo é provavelmente a sua excessiva atividade profissional fruto de um demasiada entrega ao trabalho e à empresa…

– Compreenda que é quase um insulto ao próprio empresário. Ele provavelmente entrega-se demasiado à empresa, tem excesso de atividade profissional e é graças ao seu enorme esforço que no final do mês consegue pagar a todos os seus funcionários.

Pode explicar que o Esgotamento Profissional é uma das doenças que mais afeta as pessoas nas empresas devido à enorme competitividade que tem com elas próprias e com os outros. Algumas pessoas ultrapassam os limites e adoecem.

– O empresário que ouvir esta explicação, percebe, fica atento e agradece sem se sentir ameaçado.

Então prepare o seu portfólio, assertivo, evite ser generalista, use a linguagem do seu mercado e apresente as soluções que as empresas precisam da forma que elas entendam.

O portfólio é a sua vitrine de soluções para os problemas das empresas.

O que achou do texto? Deixe os seus comentários e sugestões.

Um abraço da Bia e do Fernando!

By |2018-01-15T09:09:33+00:00dezembro 4th, 2017|conhecimento|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site usa cookies e serviços de terceiros. Ok
%d blogueiros gostam disto: