AS ATITUDES QUE O PSICÓLOGO DEVE ADOTAR PARA FAZER UMA EXCELENTE DIVULGAÇÃO NAS EMPRESAS

//AS ATITUDES QUE O PSICÓLOGO DEVE ADOTAR PARA FAZER UMA EXCELENTE DIVULGAÇÃO NAS EMPRESAS

AS ATITUDES QUE O PSICÓLOGO DEVE ADOTAR PARA FAZER UMA EXCELENTE DIVULGAÇÃO NAS EMPRESAS

Antes de iniciarmos esta reflexão é importante ressaltar que existem muitas maneiras de um psicólogo divulgar o seu trabalho nas empresas.

Aqui, falaremos de atitudes que nós, Bia e Fernando, adotamos quando divulgamos a nossa consultoria para o mercado empresarial.

Para que a divulgação possa efetivamente acontecer é crucial que o psicólogo assuma a postura de que ele é um consultor. Psicologia é sua formação. Caso contrário, os demais consultores com outras formações, terão atitudes e discursos muito mais efetivos para o mundo organizacional.

Algumas atitudes são fundamentais para que consiga mostrar ao mercado empresarial quem é a sua empresa, o que faz e como pode contribuir para a melhora dos resultados organizacionais.

  1. Você deve ter orgulho (não poderá ter vergonha) de contar as pessoas que tem uma empresa. Conte para todas as pessoas com quem encontrar, espalhe ao mundo que tem uma empresa, o que ela faz e como ela melhora os resultados. Se for na padaria, se for no cabeleireiro, se for numa festa, enfim qualquer lugar é hora de falar da sua empresa!
  2. Você tem que ser a primeira pessoa a acreditar na sua empresa. É comum psicólogos acreditarem que não estão prontos para atuar em empresas. Se isso acontece com você, mude o seu mindset, do contrário não terá sucesso na sua empreitada empresarial.
  3. Você precisa dominar os seus serviços. Vemos com frequência psicólogo aceitando fazer diversos tipos de trabalho que ele ainda não domina. Lembre-se uma empresa não pode perder tempo e dinheiro.
  4. Você pode e deve ter a atitude de ter parcerias. Aqui é importante ressaltar que parceiros são diferentes de indicação. Vale mais você ter um parceira especialista e fera em determinado serviço do que querer se “aventurar por terras desconhecidas” e correr o risco da empresa nunca mais te chamar e ainda contar para outras pessoas quão ruim é o seu serviço.
  5. Você precisa entender o mundo empresarial para precificar corretamente. Não existe erro maior do que cobrar um trabalho de prestação de serviços como hora de consultório. Consultor é uma coisa, Psicólogo Clínico é outra totalmente diferente.

Reveja suas atitudes, mude o mindset para o que for preciso e entre no mundo empresarial de maneira competitiva!

Será um prazer responder suas dúvidas e ler seus comentários!

Um abraço da Bia e do Fernando.

By |2018-01-15T09:16:22+00:00dezembro 12th, 2017|Pequena reflexão|2 Comments

About the Author:

2 Comments

  1. Cibele Regina de Souza 18/05/2018 at 13:56 - Reply

    Boa tarde!
    Primeiramente, agradeço a atitude de compartilhar o conhecimento de vocês. Sou Psicóloga na área clínica, e tenho interesse em estender minha atuação para a área Organizacional, prestando o serviço de atendimento (plantão) psicológico nas empresas.
    Me chamou atenção a observação de que os valores do atendimento em Empresas são diferenciados do consultório. Onde consigo orientações a respeito desse assunto?
    Aguardo contato.
    Grata

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site usa cookies e serviços de terceiros. Ok
%d blogueiros gostam disto: